Aplicações

A Indeco está demolidora... em New Hampshire

A New Hampshire Rock Reduction, empresa que opera no nordeste dos Estados Unidos, utiliza martelos para triturar rochas e realizar escavações e escolheu a Indeco para melhorar a sua produtividade

Situado na costa leste dos Estados Unidos, a New Hampshire é um dos menores estados do país e é caracterizado por um território prevalentemente rochoso. De um ponto de vista geológico New Hampshire se distingue pela grande presença de formações metamórficas e sobretudo ígneas, que correspondem a diversos tipos de granito.

O grande número de pedreiras que se dedicam à extração deste material, utilizado pelo setor de construções, como pedra ornamental e também para a realização de monumentos, deu a New Hampshire o apelido de “the Granite State” (O estado do granito).

Também nas áreas onde não estão presentes formações importantes do ponto de vista extrativo, New Hampshire tem também de uma geologia na qual qualquer atividade de escavação requer a remoção de massas de grandes dimensões, ou em bancos de rocha, com frequência caracterizados por uma notável resistência à compressão.

New Hampshire Rock Reduction acredita no martelo e escolhe a Indeco

Pela quantidade e dureza das massas rochosas, o explosivo em New Hampshire foi considerado por um longo tempo o único método válido para executar as escavações necessárias para a realização de obras civis e industriais e para criar a infraestrutura de estradas. Na última década, porém, os martelos têm sido cada vez mais utilizados para a realização de escavações, para a instalação de infraestruturas de vários tipos, para as escavações de lotes de pequenas e médias dimensões, e para a perfilagem de declives.

Parker Mullins é um profissional que acreditou nas possibilidades operativas do martelo; após ter acumulado uma longa experiência trabalhando para uma das mais importantes empresas locais, especializada no uso de explosivos, há nove anos atrás decidiu fundar a New Hampshire Rock Reduction. Mullins percebeu as crescentes dificuldades no uso de explosivos, devidas a problemas de impacto ambiental e ao contínuo aumento dos custos, e, portanto, intuiu que em certas situações, o martelo poderia oferecer vantagens concretas, com mais eficácia e custos menores.

Esta convicção o levou a adquirir um martelo Indeco HP 8000 (na Europa HP 5000) e posteriormente um HP 13001 (na Europa HP 9000) e, então, um HP 16000 (na Europa HP 12000); uma escolha que se revelou muito sábia, como ele mesmo explicou: “Ter decidido pela utilização do martelo foi sem dúvida a decisão que possibilitou um futuro para a nossa empresa, nos possibilitando a execução de toda uma série de trabalhos que sem o martelo não seriam possíveis.

O explosivo apresenta sem dúvida vantagens para a escavação de grandes áreas nas quais prevalece a presença de formações pouco fraturadas e de certos tipos de granito cinzento muito duros (com mais de 130 MPa), mas em outras situações não é a melhor solução, especialmente quando deve-se operar em áreas residenciais, onde é preciso escavar lotes com massas muito fraturadas. Os métodos de preparação também são complexos, porque muitas vezes é preciso criar pistas para permitir que as perfuratrizes alcancem as áreas onde devem ser colocados os explosivos, fazendo com que os custos e os tempos envolvidos aumentem muito rapidamente.

Nessas condições, que constituem atualmente a parte do nosso trabalho, as escavadoras com martelo são muito mais produtivas e garantem sem dúvida uma maior rentabilidade”. A experiência da New Hampshire Rock Reduction em geral mostra que o martelo, em certas condições, é decididamente mais eficaz do que o explosivo e, além disso, é o único método em condições de realizar operações, como a perfilagem de declives ou a escavação de áreas, também de grandes dimensões, situadas em áreas residenciais ou de proteção ambiental: “Na obra que concluímos em Goffstown escavamos uma área de quase 2.000 metros quadrados.

Este foi o último lote de um projeto destinado a acomodar vários tipos de imóveis e o explosivo poderia ser utilizado apenas na camada superior, enquanto a mais baixa e decididamente a maior, era caracterizada por um pantanal protegido. Com o HP 16000 conseguimos uma ótima produtividade no granito fraturado, mesmo que a presença de mica e quartzito tenha aumentado a abrasividade do material, o que obviamente teve efeitos no consumo da ponteira.

A mesma produtividade foi obtida em uma outra operação no interior de uma área residencial em New Boston, onde por sua vez com o HP 13001 escavamos um lote caracterizado pela presença de granito azul, com pequena ou nenhuma fratura, e de notável dureza. Também neste caso, onde teria sido impossível utilizar o explosivo, o martelo mostrou-se decisivo, apesar de o material ter uma resistência no limite do espectro operativo deste método de escavação”.

Um suporte que vale uma marca

A utilização contínua do martelo impõe inevitavelmente problemas de manutenção comum que, se não enfrentados de modo adequado, geram inicialmente uma menor produtividade e posteriormente têm consequências nas partes vitais do equipamento.

Por isso a Indeco da América do Norte e a sua rede de quase sessenta distribuidores estão sempre empenhados no atendimento; como também explica Nick Davidson, responsável comercial da Indeco da América do Norte para a região de New England: “O nosso enfoque no atendimento é que não existem clientes importantes e menos importantes, grandes ou pequenos: todos os martelos que vendemos têm a mesma prioridade quando se trata de assistência.

Por isso com a nossa rede de distribuidores nos empenhamos a fundo, para que todos os problemas sejam resolvidos da melhor maneira e no mais breve tempo possível. Eu entendo que o atendimento é o critério pelo qual nós somos avaliados, e portanto, quando tenho a oportunidade, visito clientes, mesmo se eles não compraram martelos nos últimos tempos, ou não pretendem fazê-lo em um futuro próximo.

Os que utilizam os nossos martelos executam, de fato, um trabalho pesado; estou convencido que compreender as necessidades dos clientes e ajudá-los a atingir os seus objetivos seja parte integrante do nosso trabalho”. A Indeco está presente há vinte anos nos Estados Unidos e através de uma filial própria, a Indeco da América do Norte, vendeu milhares de martelos, e a grande maioria deles ainda está em operação.

A atenção no atendimento é um ponto que obviamente não passou despercebido a Parker Mullins, que assim comentou este particular aspecto: “Estamos muito satisfeitos com os produtos Indeco, e não me refiro somente à sua qualidade, confiabilidade e produtividade, mas também ao suporte que sempre nos foi dado pela Indeco da América do Norte e pela concessionária Anderson Equipment, da qual adquirimos todos os três martelos que utilizamos. Nossa relação é de verdadeira colaboração. Podemos dizer que a Indeco realmente nos tem ajudado a crescer”.